RUNAS - o que são?

As runas provêem de letras usadas nos primeiros alfabetos Germânicos e muitos povos do norte da Europa usavam esse alfabeto até o latim ter sido adoptado. As runas que se usam actualmente derivam do antigo alfabeto rúnico FUTHARK usado entre 150 a 800 A.C. e usam 24 letras desse mesmo alfabeto mais uma runa em branco que é dedicada ao antigo Deus Ódin.


Inicialmente as runas eram usadas para escrita e comunicação e ainda hoje se encontram em algumas ruínas antigas por toda a Escandinávia. Hoje em dia são usadas para propósitos mágicos e advinhatórios tal com outros oráculos.





As Runas são ferramentas de adivinhação e abertura do sentido psíquico e tal como o tarot, pêndulo ou outras ferramentas, estas são usadas para obter acesso a mensagens, fornecendo-lhe informação oculta no seu inconsciente que é útil no autoconhecimento.


Leitura:
As runas são colocadas numa disposição especifica e depois lidas ou interpretadas, onde cada símbolo tem um significado e é interpretado como um todo, os símbolos invertidos são lidos com sentido oposto.
Algumas tiradas mais populares são a runa única, o Norns (passado, presente e futuro), o diamante, a cruz, o circulo, entre outros, onde cada um se foca num campo ou numa área especifica.


Os símbolos:
Cada um dos 24 símbolos tem um significado e uma interpretação especifica e muitos dos oráculos de runas são acompanhados de um livro de explicação.


Deixamos aqui um exemplo de descrição das primeiras letras do ancestral alfabeto FUTHARK:
F – Fehu, significa saúde, abundância e sucesso.
U – Uruz, significa poder e força.
Th – Thurizas, significa força, defesa, potencial conflito.
A – Ansuz, significa magia, energia criativa e sabedoria.
R – Raidho, normalmente refere-se a uma viagem ou caminho.
K – Kenaz, simboliza a iluminação e energia transformadora.


As runas são mais um de vários métodos advinhatórios que podem ajudar nesta viagem a qual chamamos vida.

Write a comment

Comments: 0